Do que se trata?

O projeto de extensão "Novas Tecnologias no Ensino de Física" consiste na preparação de material didático, produzido com recursos das tecnologias de informação e comunicação (TIC), para uso nas salas de aula das escolas públicas de ensino médio. Atualmente, estamos confeccionando aulas virtuais de Física, produzidas em Flash, sobre os conceitos fundamentais da Física como medições, tempo, posição, velocidade, aceleração, força, etc. Esses conceitos são ilustrados com exemplos práticos referentes ao cotidiano do aluno. Com duração média de cinco minutos, as seções de aula podem ser usadas pelo professor em sala de aula para ilustrar os diversos conceitos da física, para reforçar o que é ensinado durante a aula e para revisar conceitos discutidos em aulas anteriores. As aulas são depositadas neste site e podem ser assistidas por alunos de todo o Brasil.

Assista a uma pequena apresentaçao em Flash sobre o projeto de extensão "Novas Tecnologias no Ensino de Física": Clique aqui.

Qual é o principal objetivo do projeto?

Seu objetivo geral é promover a melhoria da qualidade do ensino de Física nas escolas públicas de ensino médio da rede estadual do Espírito Santo por meio do uso, em sala de aula, de aulas virtuais de Física narradas e animadas em Flash.

Como são produzidas essas tais aulas em Flash?

A produção de uma aula de Física em Flash começa pela escolha de seu assunto. Cada assunto deve envolver um ou mais conceitos de física, que serão estudados. Alguns exemplos de assuntos são: posição, força, energia, temperatura, etc. A seguir a aula é dividida em seções que irão abranger o conteúdo do assunto escolhido. Por exemplo, se o assunto escolhido for temperatura, as seções dessa aula poderiam ser: introdução, escalas de temperatura, lei zero da termodinâmica, escala absoluta de temperatura, etc.

O próximo passo é redigir o texto de cada seção. Esta é a parte mais lenta do processo, pois o texto deve ser resumido, claro, ilustrado, e deve gerar seções de aula que, depois de animadas, devem ter apenas cerca de cinco minutos de duração. A lentidão desse processo deve-se a vários fatores. Os assuntos devem ser expostos de forma consistente e sequencial. Todos os pré-requisitos de uma seção já devem ter sido objeto de estudo de seções anteriores da mesma aula ou de aulas anteriores. O texto elaborado deve ser "amigável", no sentido de que, quando chegar a hora da animação em Flash, a escolha dos conteúdos a serem exibidos seja feira de forma natural, ou seja, sem que haja muitas dúvidas sobre o que deve ser mostrado para ilustrar o texto.

A seguir, o texto de cada seção de aula deve ser narrado e convertido em gravação digital. O formato de arquivo de voz escolhido foi o MP3. Essa escolha deveu-se ao elevado grau de compactação dos arquivos finais, e à possibilidade de redução sensível dos parâmetros de gravação, sem perda significativa da qualidade final do som. Isso resulta em arquivos ainda menores.

Para gerar a animação da aula, utilizamos o software Flash CS4, da empresa Adobe. Inicialmente foi criado um modelo de animação que é utilizado para todas as aulas. Nesse modelo, é feita a importação do arquivo contendo a narração para, em seguida, iniciar a animação propriamente dita. Esta é feita a partir de fotos, esquemas, animações e filmes coletados em páginas da Internet. Tomamos o cuidado para verificar se os autores estabelecem algum tipo de restrição ao uso do material exibido em suas páginas. Se isso ocorrer, nenhum material será coletado nessas páginas. Além desses recursos, também geramos nossas próprias animações e esquemas, por meio dos recursos nativos do Flash. Nossa intenção é usar cada vez mais os materiais gerados no âmbito do projeto.

A etapa final da produção da seção de aula é a compilação para o formato SWF e a conversão deste para os formatos de filme FLV e MPEG-1. Os arquivos FLV são transferidos para este site (clique aqui para vê-los), onde podem ser assistidos livremente por todos os interessados. Os arquivos em formato MPEG-1 são transferidos para a área reservada aos professores do ensino médio, da página do projeto de extensão (clique aqui acessar a área do professor). Os professores interessados podem fazer download dos arquivos das aulas em flash para uso para uso em sala de aula, na TV Multimídia. Os arquivos em formato MPEG-1 também são distribuídos aos professores de ensino médio das escolas públicas estaduais do município de Vitória durante as visitas previstas no projeto de extensão. Vale lembrar que, no presente estágio do projeto, somente as escolas do município de Vitória estão sendo visitadas.

Como o professor utiliza o material durante a aula?

A maioria das salas de aula das escolas públicas estaduais de ensino médio do Espírito Santo dispõe de um recurso didático muito interessante, que é a TV Multimídia. Com o auxílio de um pen drive ou dispositivo de memória Flash, o professor pode exibir fotos e vídeos, além de arquivos sonoros. As Aulas de Física em Flash em formato AVI são compatíveis com a TV Multimídia. Ao receber o DVD contendo um conjunto de seções de aula em formato AVI, o professor deverá transferi-las para um pen drive ou um cartão de memória. A partir daí, é só conectar o dispositivo na TV e escolher a seção de aula que será exibida para os alunos.



TV Multimídia presente nas salas de aula das escolas públicas estaduais do ES.

As aulas em Flash funcionam mesmo nessas TVs Multimídia?

Sim, claro. Foram feitos diversos testes em algumas escolas, particularmente na EEEM Godofredo Schneider, em Vila Velha, à qual o coordenador deste projeto será eternamente grato. Nesses testes foram verificados a qualidade do som da narração, a definição da imagem, o enquadramento da aula na tela da TV e a visibilidade dos textos para os alunos que se sentam no fundo da sala. Os resultados dos testes executados acabaram por exigir que diversas modificações fossem feitas nesses quesitos.