Página inicial
1. Medições
2. Tempo
3. Fundamentos matemáticos
4. Posição e deslocamento
5. Velocidade
6. Aceleração
7. Movimento


1 - Introdução 4 - Aceleração instantânea
2 - Um exemplo de aceleração 5 - Aceleração da gravidade
3 - Aceleração média  



Ressalta a importância do conceito da aceleração no âmbito da física, em nosso cotidiano, no progresso da humanidade e para a vida no planeta. Mostra exemplos de aceleração em nosso dia-a-dia e como a aceleração está presente em nosso corpo. Por fim, exibe um pequeno clipe em que pessoas se divertem ao serem aceleradas em parques de diversão.


Início



Mostra um exemplo idealizado em que um passageiro viaja de olhos vendados e com tampões de ouvidos num carro que trafega numa estrada sem qualquer tipo de imperfeição. Associa a aceleração do carro às sensações corporais do passageiro. São três as situações mostradas: aceleração por variação do módulo da velocidade, aceleração por variação da direção da velocidade no plano horizontal (curva) e no plano vertical (subida e descida).


Início



Define a aceleração média, tanto na forma escalar como na vetorial. Mostra a unidade SI da aceleração e seu significado intuitivo. Utiliza uma disputa de arrancadas (Drag Racing) para ilustrar o cálculo da aceleração média do carro vencedor. Discute detalhes sobre esse esporte, que não é praticado no Brasil, mas muito popular nos Estados Unidos. Mostra o cálculo da aceleração média, compara-o com a aceleração da gravidade ao nível do mar e exibe o gráfico da velocidade do carro em função do tempo. Destaca que a aceleração média entre dois pontos do gráfico corresponde à declividade da reta que une esses pontos.


Início



Define a aceleração instantânea por comparação com a definição da velocidade instantânea. Utiliza o exemplo da disputa de arrancadas mostrado na seção anterior para auxiliar a compreensão do conceito de aceleração instantânea. Mostra gráficos da velocidade em função do tempo e da aceleração em função do tempo para o carro vencedor. Ressalta que não só a velocidade é variável como também o é a aceleração. Esta é máxima na largada e diminui linearmente com o tempo.


Início



Utiliza filmes e imagens de super-heróis que, com seus super poderes, alguns deles até são capazes de voar. Mostra que isso não é possível na vida real devido à ação da aceleração da gravidade. Enumera as principais características da aceleração da gravidade, principalmente que é a mesma para todos os corpos, independentemente de suas massas. Discute a queda dos corpos numa perspectiva histórica, destacando o pensamento grego antigo e a suposta experiência de Galileu na Torre de Pisa. Ao final, mostra a experiência da queda da pena e do martelo, realizada na Lua durante a missão Apolo 15, em 1971.


Início